RSS

Follow valzinhapr on Twitter

Cozinhou demais? Reaproveite

O Brasil está entre os países campeões do desperdício, onde uma enorme parte dos alimentos adquiridos para serem consumidos acabam indo parar no lixo.


O que fazer para mudar esse quadro? Façamos nossa parte! Afinal, quem nunca viu alguém aproveitar a sobra do almoço como solução rápida na hora da fome?

Com um pouco de farinha e ovo mechido na panela somados às sobras de alimentos e um pouco de carinho sa "mestre-cuca" se consegue fazer aquilo que muita gente critica e chama de “gororoba”, mas todo mundo acaba comendo, aprovando e até repetindo.

A regra é improvisar: não poupe ingredientes e dedicação na hora de recuperar alimentos e criar novos pratos com o que sobrou da última refeição!

Porém, o que muita gente não sabe é que é possível produzir pratos deliciosos com as sobras do almoço e da janta! Conheça dicas de receitas para transformar sobras de arroz, bife, feijão e até a salada em deliciosos pratos.
Outro ponto importante é a maneira correta de guardar as sobras de alimentos a fim de não comprometer a sua qualidade.

A ordem é brincar e utilizar a sua imaginação para dar uma cara nova à comida esquecida na geladeira.

Confira, a seguir, algumas dicas de nutricionistas de como utilizar ingredientes que você nem imagina em suas receitas. Aposte na criatividade e economize:


* Semente de abóbora: calmante e poderoso vermífugo, pode ser usada como aperitivo, empregada em saladas ou como substituta das nozes e do coco, dando característica crocante aos pratos. Para isso, basta lavar as sementes, secá-las e tostá-las levemente no forno com sal.

* Cascas de frutas (abacaxi, maçã, goiaba, manga, etc): batidas com água e coadas podem render sucos, chás, manjares ou geléias. Quando aferventadas servem de calda aromática para regar bolos e tortas doces. Já, as cascas de melancia e de maracujá rendem deliciosos doces.

* Folhas de abóbora, cenoura, brócolis, batata-doce, rabanete, nabo, mandioca, beterraba e outras: além de conterem muito mais nutrientes e fibras do que os próprios vegetais, raízes e tubérculos, podem ser incluídas em vários pratos como sopas, bolinhos, massas, tortas, saladas e até em farofas. Elas dão colorido e valorizam o arroz branco. Para isso, refogue uma porção dessas folhas em margarina e alho e acrescente ao arroz, bolinho ou omelete.

* Talos de agrião, couve, brócolis, espinafre e verduras em geral: apesar de serem os primeiros a ir para o lixo, eles podem render uma boa farofa, que serve de acompanhamento para o feijão ou para rechear aves e peixes. Pique bem os talos de várias verduras, sim, você deve misturá-los! Refogue-os com bastante manteiga, farinha e, se quiser, alguns pedacinhos de bacon.


* Com o macarrão cozido que sobrou do jantar, faça uma salada; com o arroz, bolinho de arroz que as crianças adoram ou arroz de forno; com o feijão, sopa ou virado; com a carne moída, bolão de purê de batatas ou croquete; com o frango assado, basta desfiar e fazer tortas, canja, risotos ou rechear panqueca; com o peixe assado ou cozido, pirão; com o pãozinho francês amanhecido, farinha de rosca ou fatie e leva ao forno para fazer torradinhas e com as frutas muito maduras, sucos, geléias, vitaminas ou bolos.


Tira-gosto de sementes

sementes de abóbora ou melão
sal a gosto


Lavar bem as sementes e salgá-las. Deixar secar por 24 horas. Levar ao forno para tostar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário